Vale do Silício

Vale do Silício

Google Campus

Em setembro, fizemos uma imersão no Vale do Silício!

Esta viagem fazia parte de um planejamento estratégico que fizemos no início do ano, que incluía inclusive a mudança física do nosso escritório, onde criamos um grande co-working, que eu gosto de chamar de “coLab”, com a Mattos Arquitetura, que é o escritório que assina nossos projetos arquitetônicos. Nossos times convivem diariamente, trocam experiências, onde a Kingline agrega uma bagagem técnica a Mattos Arquitetura, ao mesmo tempo que a Mattos traz o processo criativo e a essência exclusiva do cliente para nossos projetos e negócios, estando literalmente dentro do processo até a entrega final de todos os projetos!

Isso trouxe uma eficácia (que é diferente de eficiência) gigantesca para nossos negócios, e o resultado é que este “coLab” em 18 meses saltou de 4 para 20 integrantes.

Mas onde o Vale do Silício se encaixa nisso?

Apple Park

Nos últimos 2 anos, temos perseguido o tal do mindset das Startups, estamos cadastrados e validados na Startse, somos presença confirmada nos eventos do setor, e criamos algumas teorias que precisávamos comprovar no Vale!

Cliente em primeiro lugar

A cultura de colocar o cliente no centro de todos os processos é essencial para nossa empresa

Estruturas enxutas e nada burocráticas

Ser leve, independente do tamanho! Deixar as decisões na ponta do processo! Leveza é sinal de agilidade!

Engajamento

A empresa tem de ser orgânica! O time é que ganha campeonato! As pessoas são movidas por sonhos, e eles precisam estar alinha com o Grande Sonho da empresa!

Experiência

Cuidado com a crítica construtiva de quem nunca construiu nada! Importante não se iludir com unicórnios repletos de capital de risco, que criam tendências, e não geram nada de lucro!

Startup não é só tecnologia

O grande segredo das Startups é o modelo de gestão e a mentalidade de direcionar o foco para as pessoas, além de ter um grande propósito!

Dentro de diversas visitas, conhecemos alguns dos principais escritórios de projetos dos EUA, onde pudemos ter reuniões com o Diretor de Projetos de Arenas e a Project Manager responsável pelo escritório!

Hoje, já é uma realidade para eles, o que nós iniciamos com o “coLab”, onde se juntam expertises, disciplinas e conhecimento, em prol do cliente! Assim surgem escritórios capacitados para desenvolver projetos complexos, estruturados e multidisciplinares! 

O que para nós (Brasil) hoje é uma inovação (fazer projetos que agreguem valor a comunidade), para eles já é uma realidade!

O que para nós (Brasil) é um desafio (fazer projetos com qualidade), para eles é apenas o óbvio!

Post a comment

Categorias